Capoeira Argola de Ouro Singapore
The official website of Capoeira Argola de Ouro Singapore The first official capoeira group in Singapore
Capoeira Argola de Ouro Singapore
Home Capoeira Argola de Ouro Master Ousado Classes Performances Gallery Frequently Asked Questions
Capoeira Argola de Ouro Singapore

Grading System
Sistema de Graduação

O Sistema  Capoeira Argola De Ouro de Graduacoes seque a fundamentacao elaborada, a partir da relação de fases sociais que marcaram a vida do negro no Brasil com os domínios de irradiação dos Orixás do Candomblé e da Umbanda. Esta relação é de conotação meramente filosófica, portanto, desvinculada de qualquer indução ou orientação para alguma prática religiosa.
Corda Cor da Corda Categoria Fase Social do Negro Domínio de Irradiação dos Orixás Relação Metafísica
Corda Azul Corda Azul-Marrom

Azul

Azul-Marrom

Aluno Fase do Negro Cativo. Representa o período compreendido entre o aprisionamento do negro na áfrica, o seu transporte pelo mar e sua venda em terras brasileiras. O Orixá que tem domínio de irradiação sobre o mar e suas areias é Iemanjá. As viagens dos negros eram verdadeiros martírios em alto-mar, lemanjá tem domínio de irradiação sobre o mar. Assim, os negros cativos estavam sob a proteção da rainha do mar.
Corda Marrom Corda Marrom-Verde

Marrom

Marrom-Verde
Aluno Fase do Negro Escravo. Representa a fase em que o negro começa a prestar trabalho escravo nas lavouras, perdendo assim a sua liberdade pela exploração de sua força de trabalho por um "senhor" - seu dono absoluto que aniquilava todas as suas esperanças de liberdade para o corpo e para a alma. O Orixá Xangô representa o grande guardião do céu e da terra e seu domínio de irradiação está nos raios, no trovão e no fogo. Desterrar o negro de seu torrão natal significou a perda total da liberdade. Estando o negro fora do âmbito da terra e do céu da áfrica, Xangô não o acolheria.
Corda Verde Corda Verde-Amarela

Verde

Verde-Amarela
Aluno e Estagiário Fase do Negro Quilombola. Representa a alternativa de rebeldia preferida pelos escravos para conquistarem a liberdade. Os quilombos eram comunidades independentes, cada qual com sua importância e com as suas peculiaridades. O Orixá que te irradiação sobre as matas, onde ficavam os quilombos é Oxossi. Os quilombos eram comunidades muito dinâmicas, de grande riqueza sócio-cultural. O quilombola tinha nas matas o seu ambiente, a sua moradia. O Orixá Oxossi tem relação direta com as matas.
Corda Amarela Corda Amarelo-Roxa Corda Roxa-Marrom

Amarela

Amarelo-Roxa

Roxa-Marrom
Monitor e Instrutor e Professor Fase do Negro Capitão de Areia. Representa a fase decorrente da promulgação da Lei do Ventre Livre em 1871, em que as crianças nasciam livres como as águas doces, mas caiam na delinqüência como as águas de cachoeira, por não terem condições de se manterem plenamente livres. O Orixá que tem domínio de irradiação sobre os rios e cachoeiras é Oxum, detentora de grande beleza e filha mimada de Oxalá. A Lei do Ventre Livre representa um aspecto dúbio,, em que a criança nascia livre como as águas doces nas nascentes e caia na delinqüência e na marginalidade como as águas em queda numa cachoeira. Oxum tem domínio de irradiação sobre os rios e cachoeiras.
Corda Roxa Roxa Contramestre  Fase do Negro Sexagenário. Representa a fase advinda com a vigência da Lei dos Sexagenários que, a primeira vista, apresentava-se como uma generosa concessão. No entanto, faltava ao escravo sexagenário, condições de vida para exercer uma atividade lucrativa capaz de promover a sua manutenção. Assim. Conheceu a liberdade como a dos ventos e também o desafio da sobrevivência como que uma tempestade. O Orixá que tem domínio de irradiação sobre os ventos e tempestades é Iansã, uma altiva guerreira que enfrenta destemidamente o perigo. A Lei dos Sexagenários promoveu uma dualidade na vida do negro: a liberdade tão almejada e o desafio da sobrevivência na velhice. A liberdade sem berço é representada pelos ventos de origem incerta; o desafio da sobrevivência é representado pelas tempestades.
Corda Vermelha Vermelha Mestre  Fase do Negro Liberto. Representa a fase advinda com a vigência da Lei áurea, de 13 de maio de 1888. A sociedade da época via o negro liberto como ignorante, preguiçoso e desordeiro e o marginalizava. Este, por sua vez, na busca pela sobrevivência, notabilizou-se como guerreiro, participando de maltas e empreitadas como capanga. O Orixá que tem domínio de irradiação sobre as guerras, os desastres e os conflitos em geral é Ogum.
As rivalidades entre as maltas de capoeira eram seriíssimas e os confrontos eram sempre sangrentos. A polícia era o terror dos escravos libertos. A atitude guerreira do negro libertado se ajusta no domínio de irradiação de Ogum.
Corda Branca Branca Mestre Fase do Negro Cidadão. Representa a fase em que o negro consegue reconhecer-se criticamente a partir de sua inserção na sociedade e toma-se consciente de seus direitos universais de cidadania. A partir daí aprende a ser universal. O Orixá que tem domínio sobre todo o universo é Oxalá. é a divindade da criação, da pureza e da paz. é o chefe supremo e pai de quase todas as divindades.  Com a veiculação secular de imagens estereotipadas do negro, formou-se um racismo dissimulado. O seu combate exige o envolvimento consciente de todos os segmentos sociais na busca de urna cidadania plena para todos. O exercício da cidadania plena esta associada à universalidade de irradiações de Oxalá.
Sistema elaborado por Mestre Zulu.